Com três votos, Anvisa recomenda uso emergencial de novo lote da Coronavac

Foto: Divulgação | Nenhuma violação de direitos autorais pretendida.

Foto: Divulgação | Nenhuma violação de direitos autorais pretendida.

A diretoria da Anvisa recomendou nesta sexta-feira (22) a libera√ß√£o do uso emergencial do novo lote com 4,8 milh√Ķes de doses da vacina Coronavac.

O primeiro voto a favor da aprova√ß√£o foi do gerente-geral de medicamentos e produtos biológicos, Gustavo Mendes, que levou em considera√ß√£o o cen√°rio crítico da pandemia com o aumento do número de casos e aus√™ncia de alternativas terap√™uticas.

O segundo a votar foi o coordenador de Inspe√ß√£o e Fiscaliza√ß√£o de Insumos Farmac√™uticos, Fabrício Carneiro, que também votou a favor do uso uso emergencial. "Nos manifestamos pela aprova√ß√£o de eventuais novos pedidos de uso emergencial nos moldes aprovados até o momento, ou seja, as vacinas sendo importadas prontas da Sinovac ou granel da vacina importada", informou, acrescentando que eventuais altera√ß√Ķes devem passar por nova an√°lise da √°rea técnica.

A diretora relatora Meiruze Souza Freitas também votou pela aprova√ß√£o dos 4,8 milh√Ķes de doses da Coronavac alegando que h√° poucos tratamentos disponíveis e n√£o medicamentos registrados na Anvisa para tratamento da covid-19.

Ainda falta o voto de outros quatro diretores, mas como basta três votos para a aprovação do uso emergencial já está decidido que a Anvisa recomenda o uso emergencial do novo lote.

No domingo (17), a Anvisa aprovou o uso emergencial de um primeiro lote com 6 milh√Ķes de doses da Coronavac, única vacina disponível no Brasil até o momento.