Valor gasto do

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Nos √ļltimos 2 anos, 11 parlamentares que representam o Amazonas, em Bras√≠lia, – dentre eles deputados federais e senadores – gastaram R$ 8.669.225,34 com a Cota para Exerc√≠cio da Atividade Parlamentar (CEAP), o famoso "Cot√£o", oriundo de verba p√ļblica.

De acordo com levantamento feito pelo site O PODER e baseado em dados do Portal da Transpar√™ncia, os principais gastos durante o per√≠odo de 2019/2020 foram com passagens aéreas, combust√≠veis, servi√ßos de apoio ao parlamentar, servi√ßo de seguran√ßa, postais e fretamento de jatinhos.

Atualmente, o Amazonas conta com tr√™s senadores (Eduardo Braga, Omar Aziz e Pl√≠nio Valério), além de oito deputados federais (José Ricardo, Delegado Pablo, Átila Lins, Silas C√Ęmara, Capit√£o Alberto Neto, Marcelo Ramos, Sidney Leite e Bosco Saraiva).

Se pegarmos o valor gasto pelos 11 parlamentares com o "Cotão" ao longo dos 2 anos, seria possível comprar, pelo menos, mais de 79 mil doses de vacinas da Pfizer e da BioNTec para o combate ao novo coronavírus (Covid-19) ou comprar oito usinas de oxigênio com capacidade para atender 1,4 mil leitos no Estado.

Dos tr√™s senadores, Eduardo Braga foi o que mais gastou nos √ļltimos 2 anos, totalizando a quantia de R$ 860.944,82. Segundo o Portal da Transpar√™ncia, somente em 2019 o parlamentar gastou R$ 519.561,65 com locomo√ß√£o, hospedagem, alimenta√ß√£o, combust√≠vel, contrata√ß√£o de servi√ßos de apoio ao parlamentar, além de passagens aéreas, aqu√°ticas e terrestres nacionais.

J√° em 2020, ano da pandemia do novo coronav√≠rus (Covid-19), Braga gastou R$ 341.383,17 com a contrata√ß√£o de servi√ßos de apoio ao parlamentar, além de passagens aéreas, aqu√°ticas e terrestres nacionais. Vale ressaltar que um senador da Rep√ļblica ganha, todo m√™s, R$ 33.763 (bruto) e tem mandato de 8 anos.

J√° o senador Omar Aziz, em 2019, gastou a quantia R$ 531.315,99 com aluguel de imóveis para escritório pol√≠tico, contrata√ß√£o de servi√ßos de apoio ao parlamentar e passagens aéreas, aqu√°ticas e terrestres nacionais. No ano seguinte, 2020, seus gastos foram reduzidos para R$ 74.958,90. Porém, se somados os dois valores, teremos um montante de R$ 606.274,89.

O senador que menos gastou foi Pl√≠nio Valério. Em 2019, seus gastos somaram R$ 296.932,06 e, em 2020, R$ 258.980,95, totalizando R$ 555.913,01 com imóveis para escritório pol√≠tico, divulga√ß√£o de atividade parlamentar, locomo√ß√£o, hospedagem, alimenta√ß√£o, combust√≠vel, contrata√ß√£o de servi√ßos de apoio ao parlamentar, além de passagens aéreas, aqu√°ticas e terrestres nacionais.

Deputados federais

J√° na C√Ęmara dos Deputados, os oito representantes do Amazonas gastaram, nos √ļltimos 2 anos, a quantia de R$ 6.646.092,62 da Cota para Exerc√≠cio da Atividade Parlamentar. Atualmente, um deputado federal ganha mensalmente 33.763,00 (bruto), 30 vezes mais do que um trabalhador comum com o sal√°rio m√≠nimo em R$ 1.100.

Dentre os deputados federais que mais gastaram est√£o em primeiro Marcelo Ramos (R$1.005.263,46), seguido de Sidney Leite (R$ 981.853,36), Silas C√Ęmara (R$ 979.711,83), José Ricardo (R$ 876.118,14), Capit√£o Alberto Neto (R$ 730.256,6), Átila Lins (R$ 729.788,48), Bosco Saraiva (R$ 669.698,97) e Delegado Pablo (R$ 615.346,37).

Entenda o "Cot√£o"

Segundo o site da C√Ęmara dos Deputados, a Cota para o Exerc√≠cio da Atividade Parlamentar (CEAP) "é uma cota √ļnica mensal destinada a custear os gastos dos deputados e/ou senadores exclusivamente vinculados ao exerc√≠cio da atividade parlamentar".

Além disso, o "valor m√°ximo mensal da cota depende da unidade da federa√ß√£o que o deputado representa. Essa varia√ß√£o ocorre por causa das passagens aéreas e est√° relacionada ao valor do trecho entre Bras√≠lia e o Estado que o deputado representa". No caso do Amazonas é R$ 43.570,12.

CONFIRA LINK PARA DADOS DOS DEPUTADOS FEDERAIS:

https://www.camara.leg.br/cota-parlamentar/index.jsp

CONFIRA LINK PARA DADOS DOS SENADORES:

https://www25.senado.leg.br/web/transparencia/sen

Fonte: https://opoder.com/destaque/valor-gasto-do-cotao-por-parlamentares-do-am-em-brasilia-poderia-comprar-mais-de-79-mil-doses-de-vacinas-da-pfizer-e-da-biontec/