Professor universitário é demitido após falar durante aula remota que 'se estupro é inevitável e iminente, relaxe e aproveite'

Foto: Reprodução | Nenhuma violação de direitos autorais pretendida.

Foto: Reprodução | Nenhuma violação de direitos autorais pretendida.

Um professor universitário foi demitido após fazer um comentário sobre estupro durante uma aula remota para alunos do curso de engenharia da produção da Uniguaçu Centro Universitário, de União da Vitória, na região sul do Paraná. "É algo, meu amigo, que você tem que se adaptar. Desculpe, meninas, sei que é chulo o que eu vou dizer, mas é aquele ditado: se o estupro é inevitável e iminente, relaxe e aproveite", afirmou o professor Ricardo Germano Efing.

De acordo com uma aluna que assistiu à aula, mas não quis se identificar com medo de sofrer alguma represália, o comentário foi feito durante uma aula da disciplina de ergonomia, para uma turma do quinto período.