Membro de facção criminosa é executado a tiros na zona sul de Manaus

Foto: Divulgação - Nenhuma violação de direitos autorais pretendida

Foto: Divulgação - Nenhuma violação de direitos autorais pretendida

Ítalo Abraão Sales Amaral, 18, conhecido no mundo do crime como "Bolota", foi executado com dois disparos de arma de fogo, na noite desta terça-feira (3), na Rua Içá, bairro Distrito Industrial 1, zona sul de Manaus. A motivação do crime seria a briga entre facções criminosas.

Os familiares disseram no Boletim de Ocorrência, registrado na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), que a vítima foi sequestrada por homens em um carro de cor vermelha, modelo não identificado, por volta das 17h, no Bairro Morro da Liberdade.

O grupo teria levado Ítalo para o Prosamin da região, onde foi torturado por supostos traficantes. Em um vídeo, homens aparecem interrogando o jovem, perguntando para qual facção ele pertencia, onde Ítalo responde ser de um grupo criminoso.

Ainda segundo a DEHS, depois disso, ele foi jogado na calçada na Rua Içá e foi executado. A ação foi filmada pelos próprios autores do crime, em um segundo vídeo, onde Ítalo ainda implora para que o grupo não o matasse.

Segundo o Departamento de Polícia Técnico-Científico (DPTC), os dois disparos atingiram a região da cabeça e pescoço, onde a vítima morreu na hora. O caso continua sendo investigado pela Especializada em Homicídios e Sequestros, o corpo de Ítalo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML).