Igreja católica é alvo de vândalos em Osasco e tem imagens de santos destruídas

Foto: ReproduçãO | TV Globo - Nenhuma violação de direitos autorais pretendida

Foto: ReproduçãO | TV Globo - Nenhuma violação de direitos autorais pretendida

Uma igreja católica foi vandalizada na noite de segunda-feira (3) na Vila dos Remédios, em Osasco, na Grande São Paulo. Os suspeitos fugiram.

Quatro pessoas dois homens e duas mulheres invadiram a Igreja Nossa Senhora dos Remédios e destruíram quatro imagens de santos, por volta das 21h30. Entre as imagens danificadas, a de Santo Ubaldo, tinha sido trazida da Itália há 60 anos.

Dois padres que moram nos fundos da capela ouviram o barulho. Um deles foi verificar o que ocorria e viu o grupo de jovens correndo por uma porta lateral. O padre seguiu os vândalos e conseguiu alcançar um deles. Um dos vândalos disse ao pároco que tinha feito aquilo "em nome de Jesus".

O grupo fugiu em seguida e conseguiu embarcar em um ônibus. O padre avisou ao motorista que eles tinham vandalizado a igreja, mas o motorista disse que tinha horário a cumprir e foi embora. A Polícia Militar foi acionada e um boletim de ocorrência deve ser registrado. Apesar da capela ter câmeras de segurança, elas estão em manutenção e fora de funcionamento.

Apesar do crime, as missas continuam sendo celebradas normalmente na manhã desta terça-feira (4). A Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU) foi questionada sobre a fuga dos suspeitos em um ônibus e disse que está apurando se houve relatos do motorista que opera as linhas da região.