"Estuprado apaixonado pelo estuprador", diz deputado sobre entusiasmo com volta do PT e Lula

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O deputado federal Paulo Eduardo Martins (PSC-SP) fez um alerta sobre o risco real de retorno de Lula e o PT ao poder, mesmo depois de ter governado o país por 14 anos, e ter protagonizado o maior escândalo de corrupção do mundo ocidental, o "Petrolão", que desviou bilhões da Petrobras. Em entrevista ao programa Opinião no Ar, da RedeTV, o deputado federal usou a frase "estuprado apaixonado pelo estuprador", se referindo a pessoas que estão entusiasmadas com uma possível volta do PT.

Eduardo afirmou que o "Mensalão do PT" (compra de parlamentares com propinas) foi uma tentativa de golpe de estado feita por Lula, para controlar o poder legislativo, ou seja o Congresso. "Não fui um simples caso de corrupção, foi para da superpoderes ao Executivo", declarou.

O deputado analisa ainda que mesmo com todo desgaste, com o escândalo do "Petrolão", Lula e o PT seguem reabilitados para o jogo político. "O Lula é um cara que está no imaginário do público há 40 anos. Capota um ônibus, a imprensa vai, "Lula, qual é tua opinião?". E o Lula falava. E se torna presidente, depois elege o poste, é preso, a casa dele cai, mas ele está ai reabilitado foi ressocializado pelo STF, pela imprensa, para que dispute as eleições".
Martins concluiu afirmando que as chances de Lula vencer são reais. "O Lula é um candidato fortíssimo. (…) é um adversário muito duro. O Bolsonaro vem num processo de desgaste, o Lula e o PT fizeram as reflexões do motivo pelo qual vieram a ser depostos do poder em 2016 e há textos no site do PT dizendo que o erro deles foi não ter subvertido as forças armadas e ter controlado a imprensa. Não acreditem em mim, acreditem no PT e vão lá no site deles. Ai tem coleguinha de imprensa entusiasmado com a volta do PT. É o estuprado entusiasmado com o estuprador", completou.

Confira a entrevista completa: