Surpreendida por carro, autônoma é executada no Centro de Manaus

Foto: Divulgação - Nenhuma violação de direitos autorais pretendida

Foto: Divulgação - Nenhuma violação de direitos autorais pretendida

Casos de execuções no Centro de Manaus demonstram o mapa da violência na localidade onde passam milhares de pessoas por dia e a intensa guerra do tráfico de drogas na capital amazonense. Uma autônoma foi executada a tiros na noite de terça-feira (27), por volta das 22h45, na travessa Tamandaré, no bairro Centro, na Zona Sul de Manaus.

A vítima foi identificada como Telma Oliveira Farias, de 49 anos. O caso chocou pessoas que passaram na área pela violência.

Testemunhas relataram aos policiais da 24° Companhia Interativa Comunitária (Cicom), que a mulher estava em via pública quando foi surpreendida por um ocupante de um carro que atirou contra ela. Os suspeitos fugiram serem identificados.

Instante depois da morte de Telma no local do ataque criminoso, familiares da vítima chegaram ao local e muito abalados emocionalmente choraram pela morte dela.

Aos policiais, foi repassada a informação que a companheira de Telma também foi assassinada a meses atrás no Centro. O crime pode se tratar de acerto de contas do tráfico de drogas, devido aos frequentes confrontos na área e a disputa por pontos de vendas de drogas.

O corpo de Telma foi removido pela equipe do Instituto Médico Legal (IML) e levado para exame necroscópico. Os suspeitos e as circunstâncias do crime ainda permanecem desconhecidos. O caso é investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Execução no Centro

Uma execução brutal em plena via pública chocou pessoas que passavam pela rua Luiz Antony, no bairro Centro, Zona Sul de Manaus. Um ex-detento, natural do estado de Minas Gerais, foi assassinado a tiros no início da tarde de ontem, terça-feira (27).

A vítima do ataque foi identificada como Wesley da Silva Augusto, de 22 anos. Conforme testemunhas, ele jogava fliperama em via pública quando criminosos em um carro não identificado chegaram no local e tentaram sequestrá-lo.

Ao ver que estava prestes a cair numa emboscada, Wesley travou luta corporal e tentou correr do local. No entanto, tiros foram efetuados contra ele nas costas.