Prefeito de Manaus envia projeto para revogar lei que batiza praça com nome de Oscarino

Foto: Reprodução | Instagram - Nenhuma violação de direitos autorais pretendida

Foto: Reprodução | Instagram - Nenhuma violação de direitos autorais pretendida

A Prefeitura de Manaus informou em nota ao ATUAL nesta quarta-feira (28) que o prefeito David Almeida (Avante) determinou o encaminhamento de projeto de lei revogando a Lei nº 2.767, de 23 de julho de 2021, que deu o nome do ventríloquo Oscarino Farias, criador do boneco Peteleco, a uma praça no bairro Praça 14 de Janeiro. O movimento negro na capital reivindicou que o nome de Nestor Nascimento, ativista negro do Amazonas com destaque internacional, fosse mantido no local.

O procurador-geral do Município, Marco Aurélio Choy, afirmou que será escolhido outro local para homenagear Oscarino. A promessa foi feita em reunião com representantes do movimento na manhã desta quarta-feira. "Quero aqui fazer o registro que vai ser em outro local providenciada a homenagem também importante para o Oscarino Peteleco. Também tem a sua importância, especialmente cultural, para a cidade de Manaus", disse Choy.

A praça em questão fica na esquina da Avenida Japurá com a Rua Afonso Pena. A alteração do nome foi proposta no Projeto de Lei nº 354/2021 do presidente da CMM (Câmara Municipal de Manaus), David Reis (Avante). A lei foi sancionada pelo prefeito David Almeida.

O secretário municipal de Limpeza Urbana, Sabá Reis, pai de David Reis, foi ao local nesta manhã. Em vídeo nas redes sociais, ele pede desculpas à comunidade negra em Manaus e diz que não sabia que a praça homenageava Nestor Nascimento. Até o momento, o vereador David Reis não se pronunciou sobre o caso.

"Eu quero aqui ajudar a corrigir um equívoco. Foi dito a mim que este local não tinha nome, esta praça. E me pediram para colocar o nome do Oscarino Peteleco, que não deixa de ser justo. Só que, por questão de justiça, o nome dessa praça é Nestor Nascimento, já existia inclusive um projeto de lei na Câmara Municipal de Manaus", afirmou Sabá.

De acordo com o secretário, o espaço, que está passando por manutenção, será reinaugurado na próxima semana e terá uma placa com o nome do líder negro.