WhatsApp: veja 3 novidades recentes anunciadas pelo aplicativo

Foto: REUTERS | Thomas White - Nenhuma violação de direitos autorais pretendida

Foto: REUTERS | Thomas White - Nenhuma violação de direitos autorais pretendida

O WhatsApp anunciou nas últimas semanas algumas mudanças que mudam a experiência de muitos usuários no aplicativo. As alterações envolvem o gerenciamento de mensagens enviadas por contatos e grupos indesejados, bem como a participação em chamadas de áudio e vídeo em grupo.

O serviço também planeja atualizar o WhatsApp Web, a versão que permite acessar conversas pelo computador e deverá se tornar independente do aplicativo no celular. Relembre as novidades apresentadas recentemente pelo WhatsApp:

Conversas arquivadas 'para sempre'

Um dos recursos liberados pelo aplicativo permite arquivar conversas em definitivo, o que ajuda quem não pretende receber notificações de alguns contatos e grupos. Até então, as conversas arquivadas voltavam para a tela inicial do WhatsApp sempre que uma nova mensagem era enviada.

A mudança é útil para quem deseja parar de receber atualizações sobre uma conversa, mas não quer bloquear um contato ou sair do grupo. Após a atualização, o aplicativo começou a exibir um atalho no topo de sua tela inicial para usuários acessarem a lista de conversas arquivadas.

Chamadas em grupo a qualquer momento

O WhatsApp passou a oferecer uma opção que permite entrar em chamadas em grupo enquanto ela é realizada, e não só quando o celular toca. Assim, quem perdeu o início da ligação, poderá entrar depois. Com o recurso, também é possível sair da ligação e voltar mais tarde por meio da aba "chamadas".

Por conta da novidade, o WhatsApp liberou mudanças na tela de chamadas de áudio e vídeo. Agora, além de mostrar as pessoas que estão participando, a área exibe quem foi convidado, mas ainda não entrou.

WhatsApp Web 'independente'

O aplicativo deve disponibilizar no futuro uma solução que faz o WhatsApp Web funcionar sem depender do smartphone.

O WhatsApp informou em julho que está testando com alguns usuários uma mudança no funcionamento da versão para navegadores. Ainda não há previsão de quando ela será liberada para todos. No novo modelo, os usuários poderão acessar o app em até quatro PCs, que funcionarão de forma "independente". No celular, a conta seguirá limitada a somente um aparelho.

Apesar da mudança, ainda será preciso escanear um QR Code para vincular as mensagens pelo computador. Porém, para garantir a segurança no primeiro acesso, o serviço também vai pedir o desbloqueio biométrico (por reconhecimento facial ou impressão digital) no smartphone.

O WhatsApp afirmou que a mudança trouxe alguns "desafios de segurança", como garantir que dispositivos fossem associados a uma conta somente com autorização do usuário. A empresa diz que resolveu os desafios.