"Foi para milicianos que o apoiam", diz Lula ao atacar foto de Bolsonaro com pizza

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) classificou o ato do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de divulgar uma foto comendo pizza nas ruas de Nova York como algo "para os milicianos que o apoiam". A declaração do petista foi feita durante entrevista à rádio Vitoriosa, de Uberlândia (MG).

"Ele queria tirar fotografia comendo pizza na rua para dizer para os milicianos que apoiam ele que é popular, que está comendo em pé na rua, comendo uma pizza, porque nenhum restaurante deixou ele entrar", disse Lula.

Bolsonaro está nos Estados Unidos para a Assembleia Geral da ONU (Organização das Nações Unidas). Ele é o único mandatário dentre os líderes do G20 que foi ao evento sem ter tomaqdo vacina contra o novo coronavírus.

"O que ele acha que é um orgulho para ele, é uma vergonha para o Brasil. Ele não está lá representado a família Bolsonaro, não está lá representando a medalha dele. Ele está lá, teoricamente, representando 213 milhões de pessoas. Ele precisaria ser respeitoso. Ser respeitoso com a sociedade brasileira, com a lógica e as normas americanas de combate ao covid", disse o ex-presidente.

Na noite de domingo (19), o ministro do Turismo, Gilson Machado, divulgou fotos em seu perfil no Instagram com a comitiva que acompanha Bolsonaro comendo pizza em pé, próxima a uma pizzaria.

Para entrar e poder comer em qualquer estabelecimento de Nova York, Bolsonaro teria que estar imunizado contra a Covid, exigência na cidade. Com informações do Metro1.