Suspeito de matar mãe e filha a tiros no Fazendinha é preso em Manaus

Foto: Reprodução - Nenhuma violação de direitos autorais pretendida

Foto: Reprodução - Nenhuma violação de direitos autorais pretendida

Um homem identificado como Leonardo Castro, de 24 anos, foi preso pela Polícia Civil. Ele é apontado como suspeito dos homicídios de m√£e e filha Ruth Osório da Silva e Letícia Bruna Osório da Silva, de 15 anos, que estava gr√°vida de cinco meses.No ataque criminoso, que aconteceu no fim do m√™s de maio, uma adolescente de 16 anos também foi baleada.

Conforme a polícia, Leonardo foi preso na noite de quarta-feira (22), no bairro Cidade de Deus, na Zona Norte de Manaus, após ter roubado um aparelho eletrônico ao marcar encontro em uma negocia√ß√£o por um site de compras e vendas.

Leonardo foi levado ao 6¬į Distrito Integrado de Polícia (DIP), e havia em nome dele os mandados de pris√£o pela investiga√ß√£o das mortes de m√£e e filha e pela tentativa de homicídio da adolescente. O homem deve prestar depoimento na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), onde ser√£o adotados os procedimentos cabíveis.

No dia do crime, testemunhas relataram que as tr√™s estavam na frente da banca quando criminosos e chegaram e efetuaram disparos contra as vítimas. A m√£e morreu na beira da cal√ßada, sentada em uma cadeira, e a filha dentro da resid√™ncia.

Os profissionais do Servi√ßo de Atendimento Móvel de Urg√™ncia (Samu) relataram que a adolescente de 16 anos foi baleada no tórax e ela foi encaminhada à uma unidade hospitalar e sobreviveu.

"O que aconteceu foi que a motocicleta do filho dela foi roubada e ela levou a polícia na 'boca de fumo' onde o veículo estava. Possivelmente eles ficaram com raiva de ela ter atraído a polícia e por isso a mataram. Ela chegou a comentar isso com a gente", relatou uma vizinha da vítima.