Estudantes de Manaus participam do ''Festival de Circo do Amazonas''

Foto: Eduardo Cavalcante | Seduc-AM - Nenhuma violação de direitos autorais pretendida

Foto: Eduardo Cavalcante | Seduc-AM - Nenhuma violação de direitos autorais pretendida

Os alunos do 6º ano do Ensino Fundamental da Escola Estadual Professora Leonor Santiago Mourão, na zona Centro-Sul de Manaus, tiveram uma aula diferente nesta terça-feira (5). O grupo foi ao Circo Ramito, no "Festival do Circo", promovido pelo Governo do Amazonas, através da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa (SEC).

Ao todo, 500 alunos vão participar da ação alusiva ao Dia das Crianças, até quinta-feira (7), em parceria com a Secretaria de Estado de Educação e Desporto. As amigas Maria Eduarda Barroso e Vitória Pinheiro, ambas de 12 anos, tiveram a primeira experiência no circo e ficaram muito felizes com a oportunidade.

''O show foi maravilhoso, as pessoas que prepararam a apresentação foram perfeitas. O requisito da escola para trazer a gente foi ter sido vacinado, mas eu espero que meus colegas possam vir em uma outra oportunidade. Foi como um descanso da sala de aula, e está sendo bem divertido"
Maria Eduarda, estudante

Neste primeiro dia, os visitantes foram alunos das coordenadorias distritais de Educação (CDEs) 1, 2, 3 e 4. Nos demais dias, será a vez das CDEs 5, 6 e 7. Os estudantes vão nos ônibus da Secretaria de Educação, acompanhados de professores e pedagogos.

A secretária executiva adjunta da Capital, Arlete Mendonça, diz que, nos três dias programados para a visita ao circo, os estudantes vão poder ter mais contato com o mundo das artes circenses.

''Retornamos às nossas atividades 100% presenciais e é um momento para distração, para a cultura. Esses alunos puderam participar mediante a apresentação do cartão de vacina e, com isso, a gente motiva quem não vacinou, a vacinar e dá o privilégio para quem já tomou a vacina"
Arlete Mendonça, secretária executiva adjunta

Este é o 1º Festival de Circo do Amazonas, realizado pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa.

Para participar das apresentações e oficinas, o público deve apresentar uma carteira de vacinação com duas doses, ou dentro do intervalo para a aplicação da segunda dose. Os locais também permitirão a entrada de até 75% da capacidade do espaço, conforme decreto governamental.



*Com informações da assessoria