Jogador Bruninho, formado no Paysandu é assassinado a tiros no Pará

foto: divulgação/Paysandu

foto: divulgação/Paysandu

O jogador de futebol Bruno Leonardo Virgínio da Silva, conhecido como Bruninho, de 24 anos, foi morto a tiros nesta quinta-feira (21), em Belém. A Polícia Civil do Pará vai investigar o caso para identificar os autores e os possíveis motivos do crime.

O atleta defendeu o Paysandu em 2017, quando iniciou sua carreira no futebol profissional depois de passar pelo futsal do clube. Nos anos seguintes, rodou por times das regiões Norte e Nordeste do país.

Depois que deixou o Paysandu, o jogador atuou pelo Bragantino-PA, Santos-AP e outros clubes do Norte, além do Guarani de Juazeiro, do Ceará.

O clube publicou uma nota de pesar, e disse que antes da partida do próximo sábado (23), contra o Ituano, pela quarta rodada do quadrangular do Campeonato Brasileiro da Série C, vai acontecer um minuto de silêncio em homenagem ao Bruninho e às vítimas da covid-19.

"O Paysandu se solidariza com seus familiares e amigos neste momento de dor", disse o clube, em nota publicado em seu site oficial.

Com informações do R7