Manaus tem 160 mil pessoas que não tomaram nenhuma dose de vacina contra a Covid; 325 mil estão com a segunda atrasada

Foto: Divulgação - Nenhuma violação de direitos autorais pretendida

Foto: Divulgação - Nenhuma violação de direitos autorais pretendida

Manaus tem 160.323 mil pessoas sem nenhuma dose de vacina contra a COVID-19. Os dados são da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e foram divulgados nesta terça-feira (30).

O número é preocupante, uma vez que uma nova variante do coronavírus, a ômicron está em circulação no mundo. Nessa segunda (29), a Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou que a nova cepa representa um risco muito alto para o planeta e pediu que os países acelerem a vacinação dos grupos prioritários.

De acordo com o vacinômetro da Prefeitura de Manaus, 73,24% já foi imunizada com, pelo menos, a primeira dose da vacina.

Além disso, a capital do Amazonas também tem outro número preocupante: o número de atrasados para a segunda dose do imunizante. Segundo a Semsa, esse grupo tem 325.323 pessoas.

A vacina que tem mais faltosos é a Pfizer. São 211.102 pessoas que deixaram passar o prazo entre as duas doses do imunizante. Logo em seguida vem a vacina da AstraZeneca, com 57.701 atrasados, seguida da CoronaVac, com 56.220.

De acordo com a Semsa, os números são flutuantes e variam de acordo com o comparecimento das pessoas nos pontos de vacinação.

No entanto, o vacinômetro da Prefeitura também aponta que apenas 58,90% da população da cidade concluiu o esquema vacinal, seja com a segunda dose da vacina ou a dose única da Janssen. O número ainda não é o considerado ideal para iniciar flexibilizações, como, o uso de máscaras ou o fim do distanciamento social.