Terceiro caso de varíola dos macacos é confirmado no Amazonas

Foto: Reprodução | EPTV - Nenhuma violação de direitos autorais pretendida

Foto: Reprodução | EPTV - Nenhuma violação de direitos autorais pretendida

A Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM) confirmou o terceiro caso de varíola dos macacos, no estado, nessa quarta-feira (3). Todos os pacientes são moradores da capital amazonense. O terceiro paciente é um homem entre 20 a 25 anos, residente de Manaus, que está em viagem de férias em outro estado desde 10 de julho de 2022.

O segundo caso positivo da doença foi notificado na terça (2). Já o primeiro foi constatado no dia 27 de julho pelas autoridades de saúde local.

Casos em monitoramento

A equipe de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) mantém em monitoramento, outros dois casos suspeitos que permanecem em investigação pelo Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde de Manaus (CIEVS-Manaus).

A FVS-AM ressalta que, de acordo com o trabalho de investigação e vigilância que vem sendo realizado, os casos da doença são importados. Ou seja, não há, até o momento, casos confirmados de transmissão autóctone (local). Todos os pacientes confirmados têm histórico de viagem recente.

Cenário de Monkeypox

No Amazonas são, até o momento, seis notificações de suspeitas da doença.

  • 3 confirmados laboratorialmente;
  • 2 suspeitos em investigação pelo CIEVS-Manaus;
  • 1 caso descartado após exame laboratorial.

Atendimento

A FVS-RCP destaca que toda a rede de saúde, incluindo unidades privadas e públicas, da capital e interior, está orientada para realizar atendimento de casos suspeitos de Monkeypox.